Recife
 
 
 


 

Gente que mora e trabalha no Centro

A área central tem 78 mil habitantes e grande parte deles também trabalha na região. As condições de moradia são precárias para parcela significativa, que vive em favelas, áreas não urbanizadas, cortiços e palafitas, principalmente nos bairros de São José, Santo Amaro, Ilha Joana Bezerra, Coelhos e Recife.

A maioria dos moradores - 65% - tem renda familiar de até 3 salários mínimos e a taxa média de alfabetização é de 87,9% 2. A região apresenta para essa população oportunidades de trabalho em atividades formais e informais.

Os estabelecimentos de comércio, serviços e lazer também são atrativos. Pesquisa de opinião realizada pela Prefeitura trouxe dados sobre quem mora e trabalha, e sobre quem freqüenta o Centro, apontando grande diversidade de atividades desenvolvidas:

1.Compras - 90,2%
2.Alimentação - 85,9%
3.Trabalho ou negócios - 80,5%
4.Bares e restaurantes - 53,1%
5.Cinemas e teatros - 37,4%
6.Utilização dos serviços de saúde - 28,7%
7.Estudos - 7,6% 3

1. IBGE, 2000
2. IBGE, 2000
3. PMR, 2005



1. Os assentamentos precários estão presentes em vários bairros da área Central, marcando sua paisagem
Palafitas no bairro Coelhos.

Foto: Gilvan Barreto
 

2. A área central apresenta oportunidades de trabalho e renda em atividades formais e informais
Foto: Gilvan Barreto


3. 30,6% reside no Centro há mais de 20 anos (PMR, 2005)
Favela do Pilar no bairro do Recife.

Foto: Gilvan Barreto
 

4. AFETIVIDADE COM O BAIRRO: 44,2% gosta de morar ou trabalhar no Centro e deseja permanecer (PMR, 2005)
Vistas do Centro e sua diversidade de usos e tipologias.

Foto: Gilvan Barreto


5. Equipamentos de Lazer: 48,6% avaliou positivamente os equipamentos públicos de lazer (PMR, 2005)
áreas verdes e Teatro Santa Isabel.

Foto: Gilvan Barreto
 

6. Limpeza Urbana: 33,5% considera deficiente (PMR, 2005)
Foto: Gilvan Barreto


7. BAIRRO BOA VISTA: 80% dos moradores do bairro da Boa Vista gosta de morar ou trabalhar no bairro, tendo como razões para isso "estar perto de tudo", "existência de escola" ou "facilidade do transporte" (PMR, 2005).
Fotos: Gilvan Barreto
   

Transporte Público:
- 87,7% é usuário
- 59,9% dos usuários considera o serviço ótimo ou bom

(PMR, 2005)

Segurança Pública:
- 64,5% considera ruim
(PMR, 2005)

 
   
Moradia é central